bcend@bcend.com.br

+55 31 98456-0323

+55 31 3462-5668

bctrade2

Phoenix Tracer: Scanner Ultrassom C-Scan de Mão-Livre

Comentários (0) Acessórios, Phoenix ISL, Produtos, Representadas, Scanners

Modelo com design singular no mercado e oferece uma solução versátil e baixo custo para que quem deseja realizar mapeamentos de corrosão localizados.

Utilizando seu know-how no desenvolvimento de scanners manuais e automatizados para inspeções nas mais variadas técnicas de END, a Phoenix ISL apresenta ao mercado o Tracer, scanner de mão-livre para mapeamento de superfícies.

Como funciona?

C5712_DSC6976.JPG

O scanner consiste de duas bases, as quais funcionam como referências de coordenadas X e Y a serem percorridas pelo transdutor, que é preso por uma morsa ajustável e, portanto, compatível com diversos tamanhos e formatos. Tais bases são posicionadas entre 0,5 a 1,0 m entre estas.

Fios retráteis, presentes em cada base, registram o deslocamento do transdutor, à medida que são estendidos ou recolhidos, gerando coordenadas, que são decodificadas pelo módulo do encoder (onde é feita uma configuração inicial de 5 passos) e, então enviadas para o detector de falhas.

http://www.youtube.com/watch?v=uwhc1PC1PNw

Aplicações

C5712_DSC6950.JPG

As bases podem ser fixadas por imãs, ventosas ou morsas, o que permite a inspeção em diferentes materiais com área máxima de 2 m x 2 m, conforme alguns exemplos abaixo:

  1. Inspeção de chapas em aço carbono das mais variadas espessuras;
  2. Mapeamento de partes sobre bancadas;
  3. Inspeção e materiais compósitos e não-ferromagnéticos instalados, tais como componentes aeronáuticos e chapas em aço inoxidável e alumínio;
  4. Tampas e tubulações de grande diâmetro;
  5. Superfícies com orientação negativa (acima da cabeça).

Compatibilidade

C5741_DSC7826.JPG

Para utilizar o Tracer em seu detector de falhas, é necessário que o mesmo suporte encoders de dois eixos, não importando o fabricante. (A Phoenix disponibiliza conectores e adaptadores compatítveis com as principais marcas do mercado)

Na linha Sonatest, os equipamentos compatíveis são o VEO e o Prisma, onde ambos podem utilizar o recurso tanto com transdutores convencionais, quanto phased array.

 phoenix-tracer-scanner-ultrassom-c-scan-de-mao-livre-Veo_Help-screen
 phoenix-tracer-scanner-ultrassom-c-scan-de-mao-livre-prisma_red_dot_award_1

 

Para mais informações, consulte o catálogo abaixo, que está disponível para download  no link abaixo.

 Catálogo Phoenix Tracer – EN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *