bcend@bcend.com.br

+55 31 98456-0323

+55 31 3462-5668

bctrade2

Eddyfi Lyft: Correntes Parasitas Pulsadas para Corrosão sob Revestimento

Comentários (0) Correntes Parasitas Pulsadas, Eddyfi, END, Equipamentos, Produtos, Representadas

Tecnologia utilizada há alguns anos para detecção de corrosão sob revestimento, as Correntes Parasitas Pulsadas receberam uma nova abordagem pelas mãos da Eddyfi, trazendo mais confiabilidade, rapidez e simplicidade ao ensaio.


 

Tubulações sem revestimento, ou apenas pintadas, são equipamentos de fácil acesso. Uma simples inspeção por ultrassom é suficiente para detectar possíveis descontinuidades como alvéolos, pittings e corrosão generalizada.

Entretanto, quando há revestimentos de grande espessura, geralmente desenvolvidos para proteção mecânica e/ou isolamento térmico, o acesso a face do tubo se torna bem mais difícil. Assim, tal camada de pode esconder corrosão extensas, mesmo não apresentando indício externo algum.

Tais corrosões sob isolamento também são conhecidas como Corrosion Under Insulation ou CUI e acometem estruturas como:

  • tubulações isoladas termicamente
  • pernas de esferas de armazenamento
  • sustentações de plataformas offshore

Correntes Parasitas Pulsadas (PEC)

Dentre as possíveis abordagens para este problema, a Eddyfi optou por utilizada tecnologia PEC (Pulsed Eddy Current ou Correntes Parasitas Pulsadas) por ser mais versátil, permitindo um uso mais amplo da solução.

PEC é um método eletromagnético utilizado para determinar a espessura da parede de materiais condutores elétricos. A sonda PEC é colocada sobre o isolamento do material condutor. Um campo magnético é criado por uma corrente elétrica na bobina de transmissão da sonda. Este campo penetra através da jaqueta e magnetiza a parede do tubo. Em seguida, a corrente elétrica na bobina de transmissão é desligada, fazendo com que uma queda repentina no campo magnético aconteça. Como resultado da indução eletromagnética, correntes parasitas são geradas na parede do tubo. As correntes parasitas se difundem para o interior e diminuem em intensidade. A queda nas correntes parasitas é monitorada pela sonda de PEC e é usada para determinar a espessura da parede. Quanto maior a parede, maior o tempo que a correntes parasitas demoram para decair até zero.

Eddyfi Lyft

EDDYFI LYFT: CORRENTES PARASITAS PULSADAS PARA CORROSÃO SOB REVESTIMENTO

As PEC já vem sendo utilizadas há anos por empresas de prestação de serviços licenciadas para utilizar tal técnica mundialmente. Entretanto, a mesma estava muito restrita e a demanda, crescendo.

Por este motivo, a Eddyfi decidiu desenvolver o Lyft, equipamento de fácil configuração e utilização, disponível para todo o mercado.

O Lyft foi desenvolvido em cima da plataforma do Reddy, equipamentos para ensaios de superfície utilizando a técnica ECA (Eddy Current Array). Trata-se de uma solução integrada, que compreende hardware para processamento, calibração e visualização dos ensaios, diretamente no aparelho.

Os modelos também funcionam com 2 baterias com função hot swap, para troca sem necessidade de desligar o equipamento, além de uma autonomia de 6-8 horas de operação.

EDDYFI LYFT: CORRENTES PARASITAS PULSADAS PARA CORROSÃO SOB REVESTIMENTO

Seu corpo, em liga de magnésio, é resistente a impacto e é selado conforme IP65 contra poeira e umidade.

Sua tela, de 10,4″, suporta resposta ao toque e possui vidro reforçado anti-impacto e não-reflexivo, para visualização em ambientes claros.

Conectividade do Eddyfi Lyft

lyft-right-overview-black-eddyfi-lyft-correntes-parasitas-pulsadas-corrosao-sobre-revestimento

 

O Lyft conta com conexões:

  • Ethernet
  • Bluetooth
  • HDMI
  • USB
  • WI-FI

O que garante completa conectividade para transmissão e visualização de dados.

Ajustes e Calibração

 

setup-eddyfi-lyft-correntes-parasitas-pulsadas-corrosao-sobre-revestimento

O Lyft conta com menu passo-a-passo, que torna o processo de calibração bastante simples. Basta informar:

  • diâmetro do tubo
  • espessura nominal da parede do tubo
  • espessura do revestimento
  • espessura da jaqueta
  • material da jaqueta

O próprio software, com a exclusiva tecnologia SmartPULSE, se encarrega de ajustar, automaticamente, os parâmetros de inspeção otimizados para a referida configuração.

Sua interface e parâmetros de ajuste foram criadas de forma simplificada para facilitar sua utilização reduzir tempo e custo com treinamento de mão-de-obra, além de reduzir a subjetividade na análise dos dados e garantir a repetibilidade dos procedimentos.

Varredura e Medição

Quanto à capacidade de varredura, o Lyft consegue inspecionar:

  • Espessuras de parede até 38 mm (1,5″)
  • Sobre revestimentos, até 152 mm (6,0″)
  • Sobre jaquetas em aço inox, até 1,5 mm (0,06″)
  • Sobre jaquetas em alumínio, até 1,0 mm (0,02″)
  • Sobre jaquetas em aço galvanizado, até 0,5 mm (0,02″)

screen-eddyfi-lyft-correntes-parasitas-pulsadas-corrosao-sobre-revestimento

Seu display apresenta 3 tipos de visualização:

  • Gráfico de amplitude sinal (Análogo a um A-Scan de ultrassom)
  • Números
  • C-Scan

O Lyft apresenta dois modos de inspeção:

grid-mapping-eddyfi-lyft-correntes-parasitas-pulsadas-corrosao-sobre-revestimento

  1. Grid Mapping (Mapeamento por Grade) – se assemelha a um mapeamento de corrosão por pontos, utilizando um medidor de espessura por ultrassom: define-se um retículo, onde serão armazenados os valores da medições pontuais;
  2. Scan Mode (Modo Varredura Contínua) – neste modo, a varredura da superfície é feita de modo contínuo, em linha reta; ao finalizar um trecho, pressiona-se a tecla de incremento e inicia-se a varredura do trecho adjacente até que a varredura esteja completa.

scanning-eddyfi-lyft-correntes-parasitas-pulsadas-corrosao-sobre-revestimento

Quanto à velocidade na coleta dos dados o Lyft apresenta outra melhoria frente às demais soluções. O equipamento demora cerca de 1 segundo para coletar cada medição, contra 4 a 10 segundos de outros equipamentos.

Isto acontece porque o modo de medição utilizado pelo Lyft é diferente: enquanto a medição original era feita pelo tempo de retorno do sinal, estabelecendo um limite de tolerância para a resposta, o Lyft determina a a perda de espessura pela taxa de decaimento do sinal coletado (queda de amplitude), informando valores precisos de redução de espessura. Esta nova abordagem permite medições mais rápidas, além de ser menos sensível a variações de sinal.

Visualização e Relatórios

csv-file-eddyfi-lyft-correntes-parasitas-pulsadas-corrosao-sobre-revestimento

Relatórios de inspeção podem ser gerados por:

  • A-Scan – Sinal que origina todos as outras visualizações e permite avaliar o comportamento do sinal no material, além de compará-lo com o sinal padrão coletado durante a calibração;
  • Números – valores de espessura exatos para determinação de parede remanescente;
  • C-Scan – Imagem gerada por paleta de cores associada a valores de espessura; permite a fácil visualização da corrosão presente na parte inspecionada;
  • CSV – Os valores associados ao C-Scan podem ser exportados em formato CSV e visualizados no PC, em uma planilha.

Sondas

probes-overview-eddyfi-lyft-correntes-parasitas-pulsadas-corrosao-sobre-revestimento

Existem 3 tamanhos de sondas, com o correto balanceamento para diferentes espessuras de revestimento e parede. Teclas de atalho estão posicionadas na parte superior das mesmas, para iniciar, saltar trilhas ou pausar a inspeção.

sonda-em-uso-eddyfi-lyft-correntes-parasitas-pulsadas-corrosao-sobre-revestimento

Além disto, todas contam com encoder integrado para registrar, com precisão, as distâncias varridas durante a inspeção.

Quanto aos acessórios, o usuário podem acoplar haste para inspeção à distância e cabos de até 15 metros, para trabalhos em altura.

PECA: Novas Possibilidades

O Lyft já sai de fábrica com a tecnologia PECA (Pulsed Eddy Current Array), o que confere ao aparelho suporte ao uso de sondas com múltiplas bobinas, o que permitirá uma melhorias como:

  • Maior precisão na determinação de espessuras remanescentes;
  • Maior capacidade de medição, suportando espessuras maiores de jaqueta, revestimento, e parede;
  • Melhoria no processo de calibração.

Consulte o catálogo do Lyft ou acesse o hotsite para mais informações e acesso ao Webinar transmitido pela Eddyfi.

Catálogo Eddyfi Lyft – EN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *